Eurasian Resources Group atualizado para 'B' pela S&P, após resultados mais fortes; outlook positivo

10.07.2018

O Eurasian Resources Group (“ERG” ou “o Grupo”), um dos principais grupos de recursos naturais diversificados, recebeu um aumento em sua classificação de crédito de longo prazo para uma avaliação 'B' e 'outlook positivo' da Standard & Poor's com base em seu desempenho e operações robustos.

A principal agência de classificação de crédito destacou fortes resultados operacionais e financeiros em 2017 e o próximo lançamento do projeto Metalkol Roan Tailings Reclamation (RTR) como as principais razões por trás da revisão em alta. Colhendo os benefícios de um aumento nos preços de ferro-cromo e preços favoráveis ​​para outras commodities metálicas e mantendo gastos de capital moderados, o grupo ERG superou as projeções de 2017 da S&P. Com base nas novas previsões, a S&P espera que os resultados do grupo ERG continuem em ascensão nos próximos dois anos.

A agência de classificação de crédito também revisou positivamente sua avaliação da administração e governança do grupo ERG, observando que a equipe que conduz os fortes resultados é financeiramente prudente e proativa.

Alexander Machkevitch, Presidente do Conselho de Administração do grupo ERG, disse: “Em linha com o nosso foco contínuo na eficiência dos negócios do grupo ERG, a atualização da classificação de crédito pela S&P permitirá ao Grupo desenvolver ainda mais suas operações líderes mundiais em todas as principais regiões. A equipe do grupo ERG realizou um tremendo trabalho e alcançou sólidos resultados financeiros. Dadas as perspectivas favoráveis ​​para o mercado de commodities, acreditamos que estamos bem posicionados para fortalecer nossa posição de líder no mercado global.”

 

Utilizamos cookies para propiciar uma experiência melhor e mais personalizada ao usuário que navega pelo nosso site. Se você continuar a navegar pelo site sem alterar as configurações, estará concordando com a utilização de nossos cookies. Para mais informações sobre o uso dos cookies, clique aqui.